VARIAÇÕES

VARIAÇÕES

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

BAILA COMIGO


Se Deus quiser
Um dia eu quero ser índio
Viver pelado
Pintado de verde
Num eterno domingo
Ser um bicho preguiça
Espantar turista
E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Sol!...

Se Deus quiser
Um dia acabo voando
Tão banal assim
Como um pardal
Meio de contrabando
Desviar do estilingue
Deixar que me xingue
E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Banho de sol!...

Baila Comigo!
Como se baila na tribo
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Ai!
Baila Comigo!
Ah! Ah! Uh! Uh!
Como se baila na tribo
Oh! Oh! Baila ba, ba
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo...

Se Deus quiser
Um dia eu viro semente
E quando a chuva
Molhar o jardim
Ah! Eu fico contente
E na primavera
Vou brotar na terra
E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Sol!...

Se Deus quiser
Um dia eu morro bem velha
Na hora "H"
Quando a bomba estourar
Quero ver da janela
E entrar no pacote
De camarote...

E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Banho de sol!...

Baila Comigo!
Como se baila na tribo
Uh! Uh! Uh!
Baila ba, ba
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Oh!
Baila Comigo!
Ah! Ah! Uh! Uh!
Como se baila na tribo
Baila ba, ba
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Ai!...

Sol! Sol! Sol!...

E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Banho de sol!...

Ah!
Baila Comigo!
Como se baila na tribo
Baila!
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Ai!
Ai! Ai! Ai! Ai!
Baila Comigo!
Como se baila na tribo
Baila ba, ba
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Ai!
Baila Comigo!
Como se baila na tribo
(Que loucura!)
Baila ba, ba
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Ai!...

Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Ai!...

Rita Lee

Foto de Alex Almeida

sábado, 18 de dezembro de 2010

REVOADA


Revoada,cabeleira, cambalaches

Andarilha, pela trilha

Trilha do sol

Trilho do trem andarilho

Cabriolas, bailarina,

Colorida, arco-íris, aquarela

Lá vai ela

Andarilha, anda luz

Sempre seguindo e sorrindo

Indo à procura da luz

Do amanhecer

Do dia que vai nascer

Do tempo que tudo

Ensina, menina

Eu e você



Moraes Moreira

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

TUDO



Atelier da Lita

Barco é pra quem pode
barco é pra quem quer
pássaro que pousa onde vê

Onde está entrega
tua vibração
num abraço, um beijo
é teu coração

Tá tudo o que importa
coisa de irmão
que nunca termina
é só conhecer

Raiva, me ajuda
que a morte é solidão

Conhecer, vibração, onde quer
tudo o que importa
onde quer, vibração
tudo o que importa

Barco é só um nome
e é tudo de você
é chamada, é vinda
é o fundo, é se ver

Tá tudo o que importa
onde está o irmão
pássaro que pousa
barco é o coração

Milton Nascimento

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

CHICO MENDES


"No começo pensei que estivesse lutando para salvar seringueiras, depois pensei que estava lutando para salvar a floresta amazônica. Agora, percebi que estava lutando pela humanidade."



Chico Mendes



Leia aqui. Clique.

Chico Mendes, 15/12/1944 - 22/12/1988.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

AMAR, VERBO INTRANSITIVO

"PORQUE METADE DE MIM É AMOR... E A OUTRA METADE TAMBÉM."

FERREIRA GULLAR

sábado, 4 de dezembro de 2010

LEÃO DO NORTE

Sou o coração do folclore nordestino
Eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá
Sou o boneco do Mestre Vitalino
Dançando uma ciranda em Itamaracá
Eu sou um verso de Carlos Pena Filho
Num frevo de Capiba
Ao som da orquestra armorial
Sou Capibaribe
Num livro de João Cabral
Sou mamulengo de São Bento do Una
Vindo no baque solto de Maracatu
Eu sou um auto de Ariano Suassuna
No meio da Feira de Caruaru
Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta
Levando a flor da lira
Pra Nova Jerusalém
Sou Luis Gonzaga
E eu sou mangue também

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte
Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte

Sou Macambira de Joaquim Cardoso
Banda de Pife no meio do Canavial
Na noite dos tambores silenciosos
Sou a calunga revelando o Carnaval
Sou a folia que desce lá de Olinda
O homem da meia-noite puxando esse cordão
Sou jangadeiro na festa de Jaboatão
Eu sou mameluco...

Composição: Lenine e Paulo C. Pinheiro

Visitem o Blog: ARTE POPULAR DO BRASIL. Clique!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

O PÓ DA ESTRADA


O pó da estrada gruda no meu rosto,
Como a distância, matando as palavras,
Na minha boca sempre o mesmo assunto,
O pó da estrada.
O pó da estrada brilha nos meus olhos,
Como as distâncias mudam as palavras,
Na minha boca sempre a mesma sede,
O pó da estrada.
Conheci um velho vagabundo,
Que andava por aí sem querer parar,
Quando parava,
Ele dizia a todos,
Que o seu coração ainda rolava pelo mundo.
O pó da estrada fica em minha roupa,
O cheiro forte da poeira levantada,
Levando a gente sempre mais à frente,
Nada mais urgente,
Que o pó da estrada,
Que o pó da estrada.

Composição: Sá, Rodrix e Guarabyra

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

DE TARDE A LIBERDADE


Quem nasceu pra cantar
Vai cantar
De verdade
Nessa tarde
De seu coração
Passar e passará
A voar, liberdade
Na cidade
Do sol cor de brasa
Vi o povo chorar
Mas passará
Mais um ano passará
E o formoso de jardim de
Africano há
Vai brilhar
Liberdade, na cidade
De um sol cor de brasa
Quem quiser namorar
Sem chorar
Liberdade
Teu lugar
Vem no meu caminhão
Mas não vá demorar
Pode o tempo fechar
São três dias de dor
Mas se o mundo cantar
São três dias de amor
Mas se o mundo cantar
São três dias de amor
Mas não vai demorar
Pode o tempo fechar
Mas se o mundo cantar
São três dias de amor
Lá, lá, lara iê ô
Lá, lá, lara iê ô
Lá lá lá lá lá lá lá


Composição de Moraes Moreira

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

CASA NO CAMPO


Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais
Eu quero carneiros e cabras pastando solenes
No meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
Meu filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros
E nada mais

Composição: Zé Rodrix e Tavito

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

FELIZ








Para quem bem viveu o amor
Duas vidas que abrem
Não acabam com a luz
São pequenas estrelas
Que correm no céu
Trajetórias opostas
Sem jamais deixar de se olhar



É um carinho guardado no cofre
De um coração que voou
É um afeto deixado nas veias
De um coração que ficou
É a certeza da eterna presença
Da vida que foi
Da vida que vai
É a saudade da boa
Feliz, cantar



Que foi, foi, foi
Foi bom e pra sempre será
Mais, mais, mais
Maravilhosamente amar



Composição de Gonzaguinha

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

"ESPERANÇA"





quinta-feira, 4 de novembro de 2010

LUMIAR - Beto Guedes e Ronaldo Bastos

Anda, vem jantar,
Vem comer, vem beber, farrear
Até chegar Lumiar
E depois deitar no sereno
Só pra poder dormir e sonhar
Pra passar a noite
Caçando sapo, contando caso
De como deve ser Lumiar

Acordar, Lumiar, sem chorar,
Sem falar, sem querer
Acordar em lumiar
Levantar e fazer café
Só pra sair caçar e pescar
E passar o dia
Moendo cana, caçando lua
Clarear de vez Lumiar

Amor, Lumiar,
Pra viver, pra gostar,
Pra chover, pra tratar de vadiar
Descansar os olhos, olhar e ver e respirar
Só pra não ver o tempo passar
Pra passar o tempo
Até chover, até lembrar
De como deve ser Lumiar

Anda, vem cantar,
Vem dormir, vem sonhar, pra viver
Até chegar em Lumiar

Estender o sol na varanda até queimar
Só pra não ter mais nada a perder
Pra perder o medo, mudar de céu, mudar de ar
Clarear de vez Lumiar

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

PALAVRAS...









domingo, 24 de outubro de 2010

VIDA E ARTE



...Envolve-te a arte
Nas redes da magia.
Pinta teu véu de cores
Sobre a face da morte ou da dor.
Delas tira o prazer.
Reduz o caos à harmonia.

Hermann Hesse

sábado, 23 de outubro de 2010

PASSAGENS...


"todo final é um novo começo"

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

"ANDAR COM FÉ"


"Deus nasce do nosso coração"
lita duarte

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

"AQUI E AGORA"


"SÓ OS PROFETAS ENXERGAM O ÓBVIO"
Nelson Rodrigues

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

PERFIL

você é como um poema.
sem passado e futuro.
trilha de pólvora.
cego jogo em chamas: palavras.
você é como uma surpresa
para cada tempo. com detalhes
em todas as letras.

Éle Semog

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

DEDUÇÃO




Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.

Vladimir Maiakóvski

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

"CONTEMPLA O UNIVERSO QUE TE RODEIA"

-O que fazer?
-Tranquiliza o coração
purifica a mente
fortifica o espirito
tonifica o corpo.
Aprende a respirar
empreende caminhadas sem rumo
esquece os livros
e as tuas ambições
não argumentes contigo próprio
contempla o universo que te rodeia.
-Só isso?
-Vai,vai!


Poema de Vasco Martins

Blog: Deserto do Sul.

sábado, 18 de setembro de 2010

VEJA!





"Mire, veja: o mais importante e bonito do mundo é isto;
que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas,
mas que elas vão sempre mudando.
Afinam e desafinam"


Trecho do livrro de João Guimarães Rosa - Grande Sertão: Veredas

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

FRÁGIL



Cuidado!
Pega devagar ...
com ternura
Fala baixo...
mas com afecto
Decide antes
se é...
P'ra ficar
ou p'ra descartar
Se p'ra zombar
ou p'ra amar
E se amar
fá-lo...
Com responsabilidade

Poema de Luciano Canhanga
10 encantos (POEMAS)

domingo, 12 de setembro de 2010

DA CONTRADIÇÃO


Se te contradisseste e acusam-te... sorri.

Pois nada houve, em realidade.

Teu pensamento é que chegou, por si,

Ao outro pólo da Verdade...


Mario Quintana

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

terça-feira, 7 de setembro de 2010

ÁGUA DO MAR

Eu não quero o excesso
eu não quero o imenso
vivo do intenso que me circunda
Eu não quero máscara
a cara oculta
só quero aquilo que me desnuda

Não quero o cativo
eu não quero nada exclusivo
ou livros de auto-ajuda
Quero o coletivo, a massa
o show na praça
o concerto com entrada gratuita

Tudo é mais barato
Esse mundo é farto
O demasiado é o que dificulta

Eu não quero pouco:
só quero tudo
pelo tempo todo
pra todo mundo

Água do mar, água do mar
não apague o candeeiro
pro candeeiro, água do mar
lumear o mundo inteiro


Composição de Celso Viáfora

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

"O QUE FAREMOS, VAMOS FINGIR QUE ESTÁ TUDO BEM?"

Brasil continua entre os dez maiores emissores de gases causadores do efeito estufa em todo o mundo
A versão 2010 dos Indicadores de Desenvolvimento Sustentável do IBGE mostra que o Brasil segue entre os dez maiores emissores de gases causadores do efeito estufa em todo o mundo. De todas as emissões, 75% são causadas por desmatamentos e queimadas, especialmente na Amazônia e no Cerrado. De 1992 até 2005, as emissões aumentaram cerca de 40%. De 2005 até 2009, os índices caíram, mas devem voltar a crescer este ano, segundo a pesquisa.

CBN Express

QUANTAS ESCOLAS FORAM CONSTRUÍDAS ESTE ANO?

EDUCAÇÃO É FUNDAMENTAL

“Palácio do Planalto reformado ao custo de c$111milhões”





Pessoas dizem coisas absurdas em relação a tudo!
O assunto sexo, sempre foi polêmico para a maioria das pessoas.
Eu penso que: assim como o sexo; existem muitos assuntos mal resolvidos e compreendidos por falha na educação, que deveria começar em casa e continuar nas escolas. Mas, não estamos tão evoluídos assim. Por isso, os absurdos no convívio de uma sociedade que “cria o mal”, utilizam-se dele e o rejeita, quando isso não lhe satisfaz.
Digo isso em relação a tudo de errado que se vê por aí. Por isso, penso que, as pessoas deveriam procurar se orientar melhor antes de expor seus “achismos”.
Gostaria de ver todos envolvidos em melhorar o nível educacional de nossas crianças, para que elas saibam fazer suas escolhas. Só assim haverá condições para que elas tenham um futuro equilibrado onde não serão enganadas pelos gananciosos de plantão.

Ah, antes que me esqueça: quando uma criança é criada dentro de um lar, onde existem respeito e valorização da vida, ela aprende que respeito é uma coisa e aceitação é outra.
Ou seja, muitas vezes podemos não gostar do que um ser humano faz, mas devemos respeitá-lo porque ele é humano como qualquer um de nós. Se ele faz coisas erradas que prejudicam de maneira abusiva, outras pessoas, então a lei deverá puni-lo dentro dos critérios estabelecidos, e que realmente a justiça seja para todos indistintamente.


lita duarte

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

"EM BOA COMPANHIA"

lita duarte

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

"RENOVAÇÃO"



“Do ventre da mãe - terra nasce à mulher que traz luz ao mundo”
lita duarte

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

"NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA"

"NO FUNDO, NÃO ESTÁS A VIAJAR POR LUGARES, MAS SIM POR PESSOAS"
Mia Couto








"NÃO HÁ UMA LÍNGUA PORTUGUESA, HÁ LINGUAS EM PORTUGUÊS"
José Saramago






"A LINGUA É CAPAZ DE CASAR COM O CHÃO"
Manoel de Barros


LOUCURAS DE LADY LITA

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

"NA ALEGRIA OU NA TRISTEZA"




O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procuras para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas.
Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio.

Khalil Gibran

"COISAS DO BRASIL"

VEJA QUE INTERESSANTE! CLIQUE JÁ!

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

UM GRANDE SONHO

Quando sigo o meu caminho
Já sei onde vou chegar
Mesmo quando vejo espinhos
Não posso desanimar

Meu olhar segue a luz
Energia que me conduz
E me faz contemplar
Na certeza de alcançar

Mil contratempos
Que trazem o sofrimento
A esperança
Abate a insegurança

Acreditar
Com força no pensamento
E caminhar, e sempre caminhar
Erguer a mão
Saudando uma vitória
Comemorar
A bênção de uma glória

Achar a paz
Que existe numa conquista
Desfrutar deste prazer
E não perder de vista
Um grande sonho


Dona Ivone Lara e Bruno Castro

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

FEIRA MODERNA

Tua cor é o que eles olham, velha chaga
Teu sorriso é o que eles temem, medo, medo
Feira moderna, o convite sensual
Oh! telefonista, a palavra já morreu
Meu coração é novo
Meu coração é novo
E eu nem li o jornal
Nessa caverna, o convite é sempre igual
Oh! telefonista, se a distância já morreu
Independência ou morte
Descansa em berço forte
A paz na Terra amém



Lô Borges, Beto Guedes e Fernando Brant

segunda-feira, 26 de julho de 2010

UMA IMAGEM...


MUITAS MENSAGENS...

sexta-feira, 23 de julho de 2010

DA MINHA LÍNGUA VÊ-SE O MAR

Uma língua é o lugar donde se vê o Mundo e em que
se traçam os limites do nosso pensar e sentir. Da minha
língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor,
como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do
deserto. Por isso a voz do mar foi a da nossa inquietação.

Vergílio Ferreira

domingo, 18 de julho de 2010

O VENDEDOR DE SONHOS

Vendedor de sonhos
tenho a profissão viajante
de caixeiro que traz na bagagem
repertório de vida e canções

E de esperança
mais teimoso que uma criança
eu invado os quartos, as salas
as janelas e os corações

Frases eu invento
elas voam sem rumo no vento
procurando lugar e momento
onde alguém também queira cantá-las

Vendo os meus sonhos
e em troca da fé ambulante
quero ter no final da viagem
um caminho de pedra feliz

Tantos anos contando a história
de amor ao lugar que nasci
tantos anos cantando meu tempo
minha gente de fé me sorri
tantos anos de voz nas estradas
tantos sonhos que eu já vivi



Composição de Milton Nascimento

quinta-feira, 15 de julho de 2010

"EDUCAR É LIBERTAR"

lita duarte

sexta-feira, 9 de julho de 2010

terça-feira, 6 de julho de 2010

"O QUE TE FAZ FELIZ?"





"Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!"

Fernando Pessoa

domingo, 4 de julho de 2010

POETAS VELHOS

Bom dia, poetas velhos.
Me deixem na boca
o gosto dos versos
mais fortes que não farei.

Dia vai vir que os saiba
tão bem que vos cite
como quem tê-los
um tanto feito também,
acredite.

Paulo Leminski

quarta-feira, 30 de junho de 2010

LARGO SÃO FRANCISCO - SP







"LUA LINDA"


LUA LINDA
TODA LUA,
TE VEJO
DA MINHA
JANELA.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

AS ANTÍTESES CONGRAÇAM

Sei que fazer o inconexo aclara as loucuras.
Sou formado em desencontros.
A sensatez me absurda.
Os delírios verbais me terapeutam.
Posso dar alegria ao esgoto (palavra aceita tudo).
(e eu sei de Baudelaire que passou muitos meses tenso
porque nao encontrava um título para os seus poemas.
Um título que harmonizasse os seus conflitos. Até que
apareceu Flores do Mal. A beleza e a dor. Essa antítese o
acalmou.)

Manoel de Barros

segunda-feira, 21 de junho de 2010

"O BEM É BOM"

E não cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos.

Paulo Apóstolo

terça-feira, 15 de junho de 2010

O QUE VOCÊ VÊ?

"OBSTÁCULOS SÃO AQUELAS COISAS MEDONHAS QUE VOCÊ VÊ QUANDO TIRA OS OLHOS DO SEU OBJETIVO."

Henry Ford

terça-feira, 8 de junho de 2010

"CONVERSA BOA"


"Dê um tempo para você. Descubra que você é uma pessoa maravilhosa.
Descubra que é você que habita em seu corpo. Não há tempo para perder com bobagens."



lita duarte

quarta-feira, 2 de junho de 2010

"CAMINHO DE LUZ"


"Construímos nossa história, através do caminho que escolhemos."

quarta-feira, 26 de maio de 2010

segunda-feira, 24 de maio de 2010

"O TEMPO DE UM REI"

"O TEMPO É DE BRINCAR, POIS É BRINCANDO QUE SE APRENDE VIVER."

terça-feira, 18 de maio de 2010

ORAÇÃO DO ANJO




Não permita Deus que eu morra
Sem ter visto a terra toda
Sem tocar tudo que existe
Não permita Deus que eu morra triste
Dai - me a graça de viajar de graça
Por essa esfera afora
De virar uma linda senhora
Uma linda lenda
Tecer cada fio da renda
Contar cada cacho
De cabelo de anjo
Transformá-lo num bonito arranjo
Da mais bela canção
Não permita Deus que eu me vá
Sem sorver esse guaraná
Sem espalhar meu fogo brando
E acalmar a brasa do mundo
E aquecer mais uma vez
O coração do universo
Nas contas do meu terço
Nas cordas do meu violão


Composição: Ceumar / Mathilda Kóvak

domingo, 9 de maio de 2010

O CACTO

Aquele cacto lembrava os gestos desesperados da estatuária:
Laocoonte constrangido pelas serpentes,
Ugolino e os filhos esfaimados.
Evocava também o seco nordeste, carnaubais, caatingas...
Era enorme, mesmo para esta terra de feracidades excepcionais.

Um dia um tufão furibundo abateu-o pela raiz.
O cacto tombou atravessado na rua,
Quebrou os beirais do casario fronteiro,
Impediu o trânsito de bonde, automóveis, carroças,
Arrebentou os cabos elétricos e durante vinte e quatro horas [privou a cidade de iluminação e energia:

- Era belo, áspero, intratável.

Manuel Bandeira

quarta-feira, 5 de maio de 2010

"O DESERTO É SECO, MAS NÃO É VAZIO"

Deserto de Atacama / Chile

Foto / Internet

quinta-feira, 29 de abril de 2010

"O MOMENTO NÃO CONTA..."


"Escrevendo descubro sempre um novo pedaço do infinito."
João Guimarães Rosa

quinta-feira, 22 de abril de 2010

UM NOVO OLHAR

" O PARAÍSO É AQUI.
QUEM PODE VER?
QUEM MUDOU O OLHAR."

terça-feira, 20 de abril de 2010

"EXISTEM SAÍDAS"

" NÃO PRECISAMOS REPETIR OS MESMOS ERROS."

segunda-feira, 19 de abril de 2010

BELO MONTE / XINGU-PARÁ


O QUE RONDA ESSE RIO DE MUITAS ÁGUAS: NÃO É BOM.
DEIXEM O RIO VIVER! DEIXEM QUE OS POVOS IDÍGENAS VIVAM!
DEXEM QUE TODA FORMA DE VIDA AO REDOR DO RIO POSSA SOBREVIVER.
NÃO PODEMOS DEIXAR QUE O PODER DESTRUA A VIDA.

O TEMPO É AGORA!!

terça-feira, 13 de abril de 2010

"CAMINHOS"

"É preciso três coisas pra atravessar.
O barco, que é você.
O sonho, que é a carga.
E o caminho, que é o aonde ir.
Se você tiver um caminho, encontrará todos os seus caminhos."

Elisa Lucinda

quarta-feira, 7 de abril de 2010

CAMINHANDO

"Que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada.
Caminhando e semeando, no fim terás o que colher."

Cora Coralina

terça-feira, 6 de abril de 2010

06 DE ABRIL NA CIDADE MARAVILHOSA

Rio de Janeiro em abril.
Chuva e caos!
Água pra todo lado
tudo enxarcado.
O que aconteceu?
Muita água desceu.
E agora...
dizem que vem mais chuva.

lita duarte

domingo, 28 de março de 2010

"A PORTA"

"A porta é estreita. É isso. Mas eu quero acertar com ela. Eu não quero permanecer no mesmo erro por mais tempo. Existe alguma coisa que nos inclui a todos. Eu não sei que nome dar a ela, mas nós estamos irremediavelmente comprometidos, todos, uns com os outros. E é impossível escapar sozinho. A porta é estreita. Mas só passamos carregando os outros conosco."

Fauzi Arap

domingo, 21 de março de 2010

AMOR...


"Amor só é amor quando é troca.
E troca só tem graça quando é de graça."

Elisa Lucinda

quarta-feira, 17 de março de 2010

"DESCUIDO OU RELAXO"



"O TEMPO DESTRÓI COISAS BELAS"