VARIAÇÕES

VARIAÇÕES

terça-feira, 7 de setembro de 2010

ÁGUA DO MAR

Eu não quero o excesso
eu não quero o imenso
vivo do intenso que me circunda
Eu não quero máscara
a cara oculta
só quero aquilo que me desnuda

Não quero o cativo
eu não quero nada exclusivo
ou livros de auto-ajuda
Quero o coletivo, a massa
o show na praça
o concerto com entrada gratuita

Tudo é mais barato
Esse mundo é farto
O demasiado é o que dificulta

Eu não quero pouco:
só quero tudo
pelo tempo todo
pra todo mundo

Água do mar, água do mar
não apague o candeeiro
pro candeeiro, água do mar
lumear o mundo inteiro


Composição de Celso Viáfora