VARIAÇÕES

VARIAÇÕES

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

NASCENTE


Clareia manhã
O sol vai esconder a clara estrela
ardente
Pérola no céu refletindo seus olhos

À luz do dia a contemplar
Seu corpo sedento
Louco de prazer e desejos ardentes


Composição de: Flávio Venturine e Murilo Antunes

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

LUZ DO SOL

" Luz do sol
Que a folha traga e traduz
Em verde novo,
Em folha, em graça
Em vida,em força, em luz..."

Trecho da música: Luz do sol - Caetano Veloso

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

TXAI

Txai é fortaleza que não cai
Mesmo se um dia a gente sai,
fica no peito essa flor

Txai, este pedaço em meu ser.
Tua presença vai bater
e vamos ser um só.

Lá onde tudo é e apareceu
como a beleza que o sol te deu
é tarde longe também sou eu.

Txai, a tua seta viajou,
chamou o tempo e parou
dentro de todos nós.

Já vai ia levando o meu amor
para molhar teus olhos
e fazer tudo bem,
te desejar como o vento,
porque a tarde caí.

Txai é quando sou o teu igual,
dou o que tenho de melhor
e guardo teu sinal.

Lá onde a saudade vem contar
tantas lembranças numa só,
todas metades, todos inteiros,
todos se chamam txai.

Txai, tudo se chama nuvem,
tudo se chama rio,
tudo que vai nascer.

Txai, onde achei coragem
de ser metade todo teu,
outra metade eu
porque a tarde cai
e dona lua vai chegar
com sua noite longa,
ser para sempre txai.

Composição de Milton Nascimento.



Txai significa mais que amigo e mais que irmão, é a outra metade de mim, na língua dos índios da tribo Kaxinawá, do Acre.